Lá vamos nós de novo…

Uma das poucas alegrias que cultivo nessa vida, é a escrita.

Para ser bem justa, apenas a leitura é páreo para essa fiel escudeira que me ampara há mais tempo do que consigo contar nos dedos.

Escrever é, e sempre foi, um dos poucos interesses genuínos que mantenho com carinho e que me ajuda a conservar a minha escassa sanidade nesse universo insano.

Mas não é a primeira vez que eu me empolgo, planejo, me debruço e me empenho em alimentar esse blog de vento em popa e a plenos pulmões com as minhas narrativas, e algo acaba me segurando, o que desanda tudo e resulta em abandono de criação de conteúdo. rs

Se antes de todo esse período pandêmico e surreal já não era tão fácil e simples assim, durante, foi só ladeira abaixo.

Agora, estou me empenhando para retomar os eixos das minhas narrativas e pretendo seguir compartilhando aqui, algumas das minhas narrativas já compiladas, as já transbordadas e, também, as muitas outras que vierem a calhar.

Por favor, acreditem que vai vingar!

E não desistam de mim! <3

Comentários

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *